Conheça (e apoie!) diversas iniciativas de combate popular à pandemia do Covid-19

A iminente chegada massiva do coronavírus nas favelas e periferias de todo país, a começar pelos maiores centros, São Paulo e Rio de Janeiro, coloca em alerta o conjunto dos movimentos populares. Diversas iniciativas já se iniciaram desde a semana passada, quando do início do alerta, em comunidades de São Paulo como Paraisopolis, Tatuapé, mas também no Rio de Janeiro, envolvendo entidades comunitárias, MLB, Unegro e outras.

Para doar para a comunidade de Paraisopolis através do G10 das Favelas clique aqui.

A arrecadação solidária organizada pela Uneafro, feita pela Internet, já atingiu R$ 100 mil em doações e está ajudando diretamente centenas de famílias nas favelas de Rio e São Paulo.

Para doar para a Campanha de Apoio Imediato para Famílias Negras e Periféricas clique aqui.

Para doar alimentos não perecíveis, produtos de limpeza e higiene para a iniciativa do Movimento de luta nos Bairros do Tatuapé ou se alistar em brigadas de ação popular na região, entre em contato no Whatsapp (11) 2692 0392.

População em situação de rua

O Padre Júlio Lancellotti, coordenador da Pastoral do Povo de Rua abriu a Casa de Oração do Povo de Rua para 50 pessoas e está recebendo alimentos não perecíveis, produtos de higiene, materiais de limpeza e agasalhos. O sacerdote mantém uma ação cotidiana junto à população em situação de rua e cobra dos governos, através de um abaixo assinado, o acolhimento desta população vulnerável em momento de pandemia.

Assine agora o abaixo-assinado organizado pela Pastoral do Povo de Rua (clique aqui).

Também em São Paulo, principal foco da proliferação do vírus, mobilizada por artistas, a campanha Solidariedade pra mudar SP arrecada em domicílio alimentos e produtos de limpeza visando a solidariedade com populações vulneráveis. É possível doar através do Whatsapp (11) 94711177, no email [email protected] ou no Site da Campanha (clique).

Em todo o Brasil

Exemplos de solidariedade espalham-se também pelas demais regiões do país. No Nordeste, o Armazém do Campo do Recife iniciou, numa articulação com a Frente Brasil Popular, uma campanha de Marmitas Solidárias, preparando almoços para aqueles que não tem como se manter. Também iniciaram, em articulação com a Marcha Mundial das Mulheres, a confecção de máscaras de TNT para distribuição.

Para contribuir para estas iniciativas de Pernambuco e para a construção de cestas básicas para as famílias acampadas na Zona Rural do estado, entre em contato através do Whatsapp (81) 99855 3121 ou diretamente na conta abaixo.